quarta-feira, 20 de julho de 2016

Fanfic: Segredos


Sinopse:
Priscilla nunca quis ser quem é, aos 15 anos trabalha para máfia italiana, é uma hacker com computadores e já planejou os maiores roubos de bancos e museus que até hoje são um mistério para autoridades. Já cansada desta vida ela resolve fugir, mas o passado sempre volta, agora a máfia italiana está pagando um preço alto pela cabeça de Priscila. Só tem um jeito de se manter salva. E ela não revela este segredo pra ninguém.
Categorias: ação, romance, policial, história original
Autora: Alice Lima
____________________________________
 

Prólogo

Eu terminei de guardar minhas coisas dentro da mochila. Eu precisava meu apressar, se o Antônio descobrisse que estou prestes a fugir ele me mata. Tenho que ser o mais rápida possível. Conferi tudo novamente, documentos e passaportes falsos, um revólver calibre 22, algumas mudas de roupas, uma peruca. Isso tem que bastar. Escuto uma batida não porta do meu quarto. O medo sem instaura dentro de mim.
___ Quem é? ____ eu arrisco perguntar.
____ Priscila sou eu, Jefferson. 
Respiro mais aliviada, jefferson é o meu amigo. E vai me ajudar a sair daqui, pelo menos é o que eu espero. Destranco a porta e ele entra.
___ Tem certeza que quer fazer isso, Priscila? 
___ Eu preciso. Não agüento mais será usada. Você deveria entender.
___ Eu entendo. Só não queria que você fosse embora. 
___ Você sabe que poderia vir comigo. 
___ Priscilla, se a máfia sonha que você está fugindo, você será uma garota morta antes que perceba. 
____ Então é melhor nos apressarmos. ___ eu disse.

Ele assentu e me guiou para fora do complexo da máfia 
Italiana. 
Os corredores estavam desertos, os chefes estavam em reunião tratando do próximo roubo, assim que eles decidissem qual era o alvo me procurariam e teriam uma grande decepção. 
Jeferson me levou para uma saída que dava para uma viela. Estava de noite, o ar frio penetrou minhas roupas. E tremi um pouco.
____ Não posso ajudar mais, Priscilla, se descobrirem...
___Jeferson, não se preocupe, sou mais esperta que pareço.
___ Sei disso, você não aparenta ter 15 anos.
___Viu? Uma garota da minha idade não trabalharia pra máfia, não seria uma otima hacker, não arquitetaria grandes roubos. E não estaria sendo procurada pelo FBI e pela Interpol.
____ você tem razão.
Dou um forte abraço nele.
___ Nunca vou esquecer o que você fez por mim.
___ Priscilla, só fique viva, por favor!
___ vou tentar prometo!
Dou um beijo no rosto dele e caminho em direção a movimentada rua da Itália. Ando um pouco pra me misturar com as pessoas. Vejo um táxi parado e entro.
____ aeroporto internacional, por favor___ eu digo em italiano. O motorista acena com a cabeça e coloca o carro para funcionar, logo estamos em movimento. Eu observo as pessoas andando. Meu celular toca.
___ Alô? ___ Digo em inglês___ tudo certo. Foi feito exatamente como foi pedido. Estou sumindo por tempo indeterminado. Como se eu não soubesse disso. Ok. Tchau.
Desliguei o celular e olhei para a janela do carro que avançava pelas ruas da Itália. Tudo mudaria daqui para frente. 
_________________________________________


Deixe sua opinião nos comentários!


Saiba mais: http://w.tt/1L15i97

Nenhum comentário:

Postar um comentário