terça-feira, 6 de outubro de 2009

A Nona Vida de Louis Drax - Liz Jensen

Título: A Nona Vida de Louis Drax

Autor: Liz Jensen

Título Original: The Ninth Life of Louis Drax

Tradução: Ana Saldanha

Páginas: 240

Colecção: Lado B n.º 4

PVP: 14,90€

Disponível a partir de 7 de Outubro





«Um daqueles livros que não conseguimos parar de ler.» New York Post



Sinopse:

Louis Drax é um miúdo de nove anos, precoce, inteligente, problemático e muito dado a acidentes. Em cada ano da sua curta vida, sofreu pelo menos um episódio de maior gravidade, acidente ou doença, mas sobrevive sempre como o gato que cai sobre as quatro patas. No seu nono aniversário, durante o piquenique familiar, o pequeno Louis cai de uma falésia e afoga-se num rio permanecendo num coma profundo de onde poderá não regressar… Uma história brilhante, contada a duas vozes: a do próprio Louis, dentro do seu inacessível subconsciente, e a do neurologista, ao cuidado de quem o jovem fica após o misterioso desaparecimento do seu pai.



A minha opinião

A Nona Vida de Louis Drax de Liz Jensen foi uma grande surpresa. Uma história bem escrita e com um desenrolar surpreendente. É um livro interessantíssimo sobre a psique humana e até que ponto ela tem influência activa na nossa vida. Louis tinha uma imaginação vívida e excêntrica, dizia a mãe. Um problema com a realidade, dizia o psicólogo, Marcel Perez. O certo é que o jovem Louis era um sonhador, um solitário. Tinha dificuldade em distinguir entre realidade e ficção. Tal como as crianças altamente inteligentes e com grande capacidade de verbalização, tinha maus resultados escolares, porque se aborrecia de morte. Quando tem um grave acidente, em que foi, inclusive, dado como morto, Louis é levado para a clínica onde trabalhava o neurologista Pascal Dannachet, que nunca iria adivinhar que estaria tão próximo do seu jovem paciente, e que este iria mudar a sua vida. Retomando uma doença antiga que já não se manifestava há anos, Pascal Dannachet começa a fazer tudo o que subconsciente de Louis mandava, inclusive escrever uma carta a si próprio e duas a Natalie Drax, mãe de Louis. Isto porque apesar de estar em coma, o jovem Louis consegue comunicar através do seu subsconsciente. A misteriosa Natalie Drax também tem um papel fundamental na trama. O leitor chega a um ponto de pensar se aquilo que ela conta é realmente a verdade, ou a verdade que ela gostaria que fosse. O livro retrata a Síndrome de Münchausen, uma doença psiquiátrica, se calhar não tão rara quanto isso. É uma doença em que o paciente, de forma compulsiva, deliberada e contínua, provoca ou simula sintomas de doenças em si próprio. Também existe a Síndrome de Münchausen por procuração, quando um parente, quase sempre a mãe, de forma persistentemente e intencional, provoca sintomas no filho, fazendo com que este seja considerado doente, colocando-o muitas vezes em risco de vida.





Excertos

“A mente é mais do que a soma das suas partes” “Acho que é uma espécie de anjo”




5 comentários:

  1. olá me envia no e-mail por favor !
    laysafreitas@live.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, quem tem o arquivo em pdf, poderia me enviar por e-mail, por favor!

    bfranco1918@gmail.com

    ResponderExcluir
  3. Alguém tem este livro em pdf? Pode por favor enviar para deniseportao@gmail.com

    ResponderExcluir