domingo, 31 de maio de 2009

Sozinhos – Lisa Gardner

Título: Sozinhos

Autor: Lisa Gardner


Editora: Círculo de Leitores

Capa: Capa dura revestida a papel couché impressa a cores


N.º de págs.: 256

Formato: 13,8 x 22,2 cm

Preço: 17,40 Euros



Sinopse

A estranha beleza de uma mulher. De vítima a manipuladora, Catherine guarda uma negra história de abusos e violência. Quando o agente especial Bobby Dodge a salva disparando contra o marido, não sabia que os seus instintos de sniper mudariam para sempre a sua pacata vida. Entretanto, pelas ruas de Boston caminha agora em liberdade um perverso assassino. Num thrilher de inesperados e obscuros contornos, Lisa Gardner cruza de forma exemplar o caminho destas três personagens. Numa palavra: arrepiante.


Bobby Dodge é um dos melhores atiradores da unidade SWAT da polícia estadual de Massachusetts. Vive contudo uma pacata vida com a namorada, uma bela música. Inesperadamente, numa noite igual a tantas outras, observa pela janela uma cena de violência entre marido e mulher. O homem, armado, faz a mulher e o filho reféns e Bobby, agindo instintivamente, dispara para os salvar. A bela mulher que pensa salvar da fúria do marido é Catherine Gagnon. Quando a polícia começa a investigar o seu passado descobre contudo que há mais de vinte anos atrás ela fora raptada e vítima de abuso, tendo-se tornado uma perigosa manipuladora. Bobby não o sabia, mas o seu gesto irá levá-lo ao inferno...

Entretanto, depois de ter passado anos numa solitária, um perverso assassino é libertado. Cumpriu já a sua pena, mas isso não quer dizer que não congemine ainda planos de vingança e terror.



A minha opinião

Quando Bobby Dodge, polícia e um dos melhores atiradores da sua equipa, foi chamado para um caso de violência doméstica nunca pensou que a sua vida ia mudar radicalmente. Num instante passou de herói de uma mulher assustada, a assassino do seu marido. Quando o caso se torna conhecido, Bobby descobre que Jimmy, o homem que matou e que vira apontar uma arma à sua mulher, era filho de um reputado juiz, muito influente e que deseja que o carrasco do seu filho sofra pela morte de Jimmy. Ao mesmo tempo, Bobby descobre que poderá ter sido manipulado por Catherine, mulher de Jimmy, e que provavelmente o que ele viu naquela madrugada da janela de um apartamento em frente ao do jovem casal, pode não ter sido uma ameaça concreta do marido, mas sim da mulher, que desejava vê-lo morto e pode ter encenado aquele momento para que se pensasse precisamente o contrário. Catherine é de facto uma mulher misteriosa e complicada. Enquanto criança, foi raptada por um pedófilo e mantida cativa num gruta durante 28 dias, altura em que conseguiu escapar. Poucos dias depois, o pedófilo seria preso, numa pena que duraria 25 anos. Durante esse tempo, Mr. Bosu, assim se passou a chamar, Richard Umbrio engendrou, para quando saísse da prisão, os mais variados planos para se vingar e continuar com a sua vida de pedófilo sem que ninguém descobrisse. Quando esse dia aconteceu, viria a ser contratado por uma pessoa para exterminar várias personagens que estavam a atravessar no caminho da investigação. Um livro empolgante desde o primeiro capítulo, se bem que este não foi o que mais gostei de Lisa Gardner. No entanto, um livro, para quem gosta de policiais, a reter. Esta é uma das minhas autoras preferidas da área.




Sobre a autora:


Senhora de um especial talento para a construção de suspense e de um enredo que nos toma de medo, mas também de irresistível vontade de continuar a ler, Lisa Gardner cruza o caminho destas três personagens. Bobby perde a paz, Catherine revive uma obscura e perigosa paixão, um assassino volta à sua arte de terror. O que liga estas três personagens? Quem é afinal a vítima, quem são os verdadeiros assassinos?

Natural de Oregon, nos EUA, Lisa Gardner começou pelo romance editando sob o pseudónimo de Alicia Scott. Em finais dos anos 90 decidiu mudar de género e ao romantismo dos primeiros livros passou a aliar o suspense. Pesquisa alguns dos mais arrepiantes casos de psicopatas, inventa um enredo de pistas, aplica à escrita o rigor das pesquisas do FBI. «Minha até à Morte» - o seu primeiro grande sucesso – atinge os 6 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, tornando-a uma das mais aclamadas escritoras norte-americanas. Em Portugal foram editados, pelo Círculo de Leitores, alguns dos seus melhores títulos: «A Filha Secreta», «O Assassino das Sombras», «A Vingança de Olhos Negros», «O Clube das Sobreviventes», «A Hora da Morte».



Excertos:

"Quando puxei o gatilho... não me importeicom o nome do homem, do vizinho, do pai, nem com a sua história. Não sabia se ele batia no cão ou se dava dinheiro a orfanatos. Só sei que o indivíduo tinha uma arma apontada à cabeça de uma mulher e o dedo no gatilho. Tive de basear as minhas acções nas acções dele".





2 comentários:

  1. Oi,
    Gostaria de ler esse livro. Você tem como me enviar por e-mail? É o livro "Sozinhos" de Lisa Gardner.
    junatural@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá!!!
    Amo a Lisa Gardner. Você pode me enviar por favor Sozinhos,A Hora da Morte e Vizinho da Lisa Gardner.
    angelicavalvassori@gmail.com.
    Desde já agradeço

    ResponderExcluir