quarta-feira, 6 de maio de 2009

Carmen – Ruy Castro

Carmen
Autor: Ruy Castro
Editora: Palavra
P.V.P. € 25,00
Ano de edição no Brasil: 2005
Número de páginas: 632

Sinopse:

Ruy Castro, consagrado como um dos escritores brasileiros mais respeitados da actualidade e autor de importantíssimas biografias, lega–nos uma minuciosa e detalhada biografia da portuguesa mais famosa do século XX, fazendo chegar ao grande público o documento mais completo sobre a vida e obra de Carmen Miranda alguma vez publicado.

A minha opinião
Comecei por ler este livro aquando do centenário do nascimento de Carmen Miranda e confesso que com alguma curiosidade. Primeiro porque sou da mesma terra natal da artista, Marco de Canaveses, e depois porque fiquei com vontade de saber mais um pouco sobre a vida de Carmen. Daí até conseguir ler este livro de Ruy Castro foi um passo. No entanto, teve um senão. Acabei por lê-lo em português do Brasil, o que me foi mais difícil porque o autor aplica muitos termos que não são usados em Portugal. Não me vou alongar muito sobre a vida da actriz, até porque no dia do seu aniversário, dia 9 de Fevereiro, coloquei um post bastante extenso de Carmen e no fundo está lá tudo, embora em formato mais reduzido. Não posso dizer que o livro me desagradou, mas penso que Ruy Castro se alongou em muitas discrições que poderiam ser dispensadas. Mesmo situando a época em que Carmen viveu, as pessoas com quem teve relacionamentos, quer de amizade, de trabalho ou amoroso, penso que não havia necessidade em aprofundar tanto a vida de algumas personalidades, o que tornou o livro bastante moroso de ler. Penso ainda que o autor fez um retrato de uma Carmen Miranda só de sucessos e que apenas deslizou na dependência de barbitúricos e álcool. Não querendo tirar o mérito da carreira de Carmen, acho que Ruy Castro não explorou muito o facto de Carmen não ter sido protagonista nos seus filmes, figurando sempre como figura secundária, contornando sempre a temática com a exuberância dela, que dava muito nas vistas, tornando-a conhecida de toda a gente. No fundo, apesar de ter tido algum êxito nos EUA, Carmen foi sempre uma pessoa infeliz no campo amoroso. Boa para namorar ou para ter um caso, os homens nunca a procuravam para assumir um compromisso, excepto um: o seu marido, que lhe fez a vida num inferno e que se aproveitou da sua fortuna.
Rodeada de amigos, Carmen era uma pessoa só. Morreria aos 46 anos vítima de um enfarte, sozinha, no seu quarto, enquanto alguns amigos se divertiam na sala de sua casa.

2 comentários:

  1. Como se faz pra processar o download, amigo, aqui do blog SÓ LIVROS PRA DOWNLOAD?

    ResponderExcluir
  2. Como se faz pra processar o download, amigo, aqui do blog SÓ LIVROS PRA DOWNLOAD?

    ResponderExcluir