segunda-feira, 20 de abril de 2009

Mágoas da Escola - Daniel Pennac

Sinopse

Em Mágoas da Escola, Daniel Pennac aborda os problemas da escola e da educação desde um ponto de vista insólito - o ponto de vista do mau aluno. Pennac, que foi ele próprio um péssimo estudante, analisa a figura do cábula outorgando-lhe a nobreza que merece e restituindo-lhe a carga de angústia e dor que inevitavelmente o acompanha.

Misturando recordações autobiográficas e reflexões acerca da pedagogia e das disfunções da instituição escolar, sobre a dor de ser um mau estudante e a sede de aprendizagem, sobre o sentimento de exclusão e o amor ao ensino, Daniel Pennac oferece-nos, com humor e ternura, uma brilhante e saborosa lição de inteligência.Mágoas da Escola é um livro único e irrepetível, que todos os pais e todos os professores não podem deixar de ler - e dar a ler.



Excertos

"Não há nada que impeça mais a assimilação do saber do que o desgosto. O riso, podemos extingui-lo com um olhar, mas as lágrimas…”

“É a sua velocidade de encarnação que distingue os bons alunos dos alunos problemáticos”

“As questões de simpatia ou antipatia por alguns deles (questões bem reais, contudo!) não entram em linha de conta. Seria muito esperto aquele que soubesse classificar o grau dos nossos sentimentos em relação a eles. Não é deste amor que se trata. Uma andorinha aturdida é uma andorinha a reanimar, ponto final!”

“Pessoalmente, concluí que mesmo o cão lá de casa compreendia mais depressa do que eu”.

“Todo o mal que se diz da escola esquece o número de crianças que salvou das taras, dos preconceitos, do desprezo, da ignorância, da estupidez, da cupidez, do imobilismo ou fatalismo das famílias”.



A minha opinião

Antes de começar a ler este livro pensei que poderia conter uma história à semelhança das de Daniel Sampaio, autor que aprecio bastante. No entanto, após começar a ler as primeiras páginas vi que o livro, além de nos dar uma história do ponto de vista do mau aluno, dava-nos essencialmente uma história de um mau aluno que se tornou professor, também ele professor de bons e maus alunos. Dá-nos assim uma lição de vida. O que à partida pode parecer uma criança condenada ao fracasso, por ter problemas de aprendizagem na escola, causados por vários aspectos da vida, essa criança pode vir a ser um adulto de sucesso e conseguir atingir um nível de aprendizagem igual ou superior aos seus colegas de estudo. Penso que o que autor mostra aqui é que, se um aluno, apesar de ter algumas dificuldades, for bem acompanhado por um bom professor, um professor interessado em saber os motivos pelos quais ele não dá rendimento, um professor interessado em dar a volta por cima e contornar os obstáculos, mostrando que se pode aprender de outras formas, esse aluno pode chegar longe. Porque antes de ser professor, aquela pessoa que está à frente das aulas, que nos ensina a saber cada vez mais, é um ser humano, uma pessoa que nos pode ajudar a enfrentar os problemas, uma pessoa que está lá quando precisamos, uma espécie de substituição dos pais, na escola.

Uma história vista do ponto de vista do professor, mas também do ponto de vista de aluno. Um aluno excluído da turma, um aluno incompreendido pelos colegas e pela maioria dos professores, que apenas precisa de um empurrãozinho para se tornar um aluno mais interessado e optimista. Um livro para reflectir sobre os problemas de insucesso de muitas crianças que muitas vezes surgem devido a anomalias de métodos de ensino.



Título: Mágoas da Escola | Autor: Daniel Pennac

N.º Págs.: 256 | PVP: 15,50 € Preço | WOOK.pt: 13,95 €

2 comentários:

  1. http://marcadordelivros.blogspot.com/2009/04/magoas-da-escola-daniel-pennac.html


    igual?

    ResponderExcluir