terça-feira, 10 de março de 2009

Desabafo

Eu devo ter uma pontaria qualquer para começar a ler séries que depois não são publicadas por inteiro (ver aqui outro exemplo). No final do post para onde o link remete, fiz um comentário em relação à saga do Robert Jordan, A Roda do Tempo. Infelizmente, o comentário foi certeiro porque tudo indica que a Bertrand não irá publicar mais nenhum volume da Saga, ficando-se assim pelo "A Sombra Alastra" (4.º num total de 12).

Já que da editora ninguém me consegue dar uma informação (é incrível que disponibilizem um email e um formulário no site para depois pura e simplesmente não responderem às questões, e não me aconteceu apenas uma ou duas vezes), resta-me fazer conjecturas. A mais simples é que as vendas não acompanharam as expectativas e ou não cobriram os custos ou cobriram mas não deram lucro. Do ponto de vista da empresa, se calhar faz um certo sentido não continuar a publicar a Saga. Do ponto de vista do cliente, que é o meu, isto só demonstra uma total falta de respeito para com quem apostou na Saga e comprou os volumes já publicados. Ora, eu gastei perto de 100€ nos 4 volumes que a Bertrand publicou e agora, se quiser ler o resto da saga, vou ter de os adquirir em inglês (coisa que talvez devesse ter feito desde o início, mas não... vamos lá a comprar em português para ajudar editoras portuguesas e afins).

Também é engraçado pensar nos motivos que originaram a falta de sucesso de vendas. Para além de a fantasia não ser ainda um género das massas e de a Saga se iniciar com um volume com mais de 800 páginas, a custar mais de 20€ (quem, no seu perfeito juízo, aposta num livro destes, a não ser que goste de fantasia e tenha boas referências?), acho que houve uma grande falha na divulgação. É um exercício interessante comparar este caso com o do George R.R. Martin: tanto num caso como noutro, o talento dos escritores não se discute, então qual foi a diferença? Para mim, 2 factores essenciais:

a) Melhor divulgação dos livros do Martin, com destaque para o Fórum BANG!, dedicado à colecção da SdE (alguém conhece outra editora que dedique fóruns aos seus autores e tenha um contacto tão directo com os seus clientes?). Também foi bom trazerem o escritor a Portugal - ok, no caso do Jordan era impossível, mas mesmo assim muito mais podia ter sido feito;

b) Livros mais baratos, porque os originais foram divididos em 2 volumes cada (eu sei que muita gente discorda desta divisão, mas sem dúvida que funciona).

Portanto, estou enormemente desiludida com a opção e atitude da Bertrand - eu e mais uma quantidade de pessoas, que julgo não ser assim tão pequena quanto isso. Pior ainda para aqueles que estão a ler a Saga e não sabem inglês ao ponto de conseguirem ler no original os volumes que faltam . Só tenho pena que continuem a publicar autores dos quais gosto (como a Juliet Marillier), mas sinceramente vou pensar muito bem antes de voltar a adquirir um livro desta editora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário