quinta-feira, 31 de julho de 2008

Paracelso: Plantas Mágicas

Livro « As Plantas Mágicas » do famoso paracelso. (Teofrasto de Hohenheim)
( Médico, alquimista, astrólogo, físico , formou-se em medicina em Viena em 1510 ).

Botânica oculta, documento word, 67 páginas, curas medicinais, 1,90 mb.


paracelso

Desgraça - J.M. Coetzee


David Lurie, cinquentão e divorciado, é professor universitário de literatura. Vive sozinho e para dar mais sabor à sua aborrecida vida, frequenta pontualmente às 14H das quintas-feiras, uma jovem prostitua de nome Soraya.

Tardes de prazer dão a David uma sensação de afeição que é brutalmente interrompida quando Soraya lhe comunica que se irá ausentar.

Sentindo-se abandonado e rejeitado, Lurie acaba por se aproveitar da fragilidade psicológica de uma aluna para com ela ter um caso, originando um escândalo na comunidade escolar que o faz cair em desgraça.

E é neste estado que ele resolve desaparecer, indo visitar a sua filha que vive numa comunidade no interior do país. No entanto as desgraças não param de suceder...

Este livro, que aquando da sua publicação deu origem a intensos debates na África do Sul, expõe de uma forma brutal o ressentimento e as tensões raciais que surgiram após a queda do Apartheid.

As desgraças de David simbolizam a desonra e a humilhação que caracterizaram as relações entre raças sul-africanas. O choque entre o passado e o presente, entre duas culturas sem quaisquer laços históricos e fraternais que originam uma situação explosiva que ainda hoje se mantém.

A teia que Coetzee vai tecendo é magistral. Ele coloca-nos, de uma forma crua, questões de opção completamente opostas.

A dor física sobrepõe-se à psicológica e inversamente. Somos levados a optar por uma ou por outra, o bom torna-se mau e o mau, bom. Destinos com perspectivas de futuro assustadoras.
Um livro incómodo que nos faz parar várias vezes face à brutalidade, várias vezes psicológica e moral, dos acontecimentos que assolam o quotidiano de David.

Um livro notável!

Kazuo Ishiguro - O DESCONSOLADO


Título: O DESCONSOLADO
Autor: Kazuo Ishiguro
Gênero: Romance
Editora: Rocco
Um Pianista Famoso Viaja Para uma Cidade do Leste Europeu Para Fazer um Recital. o que e Quem vai Encontrar em sua Visita Provam o Talento do Escritor, Considerado um dos Nomes Mais Importantes da Nova Literatura Inglesa.

Jacques Le Goff - O Apogeu da Cidade Medieval

Título: O Apogeu da Cidade Medieval
Autor: Jacques Le Goff
Gênero: História Geral
Editora: Martins Fontes

O medievalista francês Le Goff faz uma análise do desenvolvimento da urbanização entre o século XII e 1340, enfatizando a história do cotidiano.

A. J. CRONIN - A Dama dos Cravos


Título: A Dama dos Cravos
Autor: A. J. CRONIN
Gênero: Romance
Editora: Record


O escocês A. J. Cronin, que se alinha entre as grandes figuras da literatura universal, escreveu um dos romances mais fascinantes de nossa época, pelo tema que aborda, cujo interesse cresce à medida que os tempos correm - o papel da mulher na sociedade moderna.

HENRY STEEL OLCOTT - A Verdadeira História de Madame H. R Blavatsky


Título: A Verdadeira História de Madame H. R Blavatsky
Autor: HENRY STEEL OLCOTT
Gênero: Teosofia
Editora: IBRASA

Madame Blavatsky foi uma das personagens mais marcantes de nosso tempo, e deve ser considerada figura dominante no desenvolvimento do ocultismo. e dos estudos teosóficos em todo o mundo. Sobre Helena Blavatsky, fundadora da Sociedade Teosófica, citam-se fatos extraordinários. Sua vida é cercada de episódios fantásticos. Ninguém melhor do que Henry Steel Olcott, seu intimo colaborador durante muitos anos e até sua morte, para falar a respeito dessa estranha figura feminina. RAÍZES DO OCULTO, além do relato de episódios da vida de Helena Blavatsky, contém toda a história da fundação da Sociedade Teosófica, em Nova York, e da rápida propagação de seus ideais pelo mundo todo.

O Monge e o Executivo

Outro grande sucesso da literatura atual distribuido gratis aqui no E-Book Gratuito!
Em "O Monge e o Executivo", você esta convidado a se juntar com Leonardo Hoffman, um famoso empresario americano que abandonou tudo para se tornar monge de um mosteiro beneditino.

O Livro é, sobretudo, uma lição de vida de como se tornar alguém melhor!(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)


Se voce gostou de nosso E-Book Gratis, por favor assine nosso RSS Feed e receba nosso material gratuito diariamente!

E-Book Gratuito RSS Feed

Se voce se interessa por mais leitura, baixe gratuitamente o livro Harry Potter e o Enigma do Principe. Se quiser cursos gratis, veja nosso Curso de Italiano Completo Gratis ou nosso Manual Tecnico de Vendas!

Obrigado pelo Download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

Discursos de Sathya Sai Baba - 14/01/97 - Ocasião: Festival de Shankranti - QUE O AMOR E O SACRIFÍCIO SEJAM SEUS IDEAIS

Onde as seis qualidades do zelo, da determinação, da coragem,
Da inteligência, da habilidade e do heroísmo estão presentes,
A ajuda divina é manifestada.
(Verso das Escrituras Hindus)
Estudantes! Manifestações do Amor Divino!
Em qualquer área, em qualquer tempo, para qualquer homem dotado dessas seis qualidades preciosas,
o sucesso está assegurado. Elas contribuem para a prosperidade em geral de um homem. Todo o
sucesso acompanha aquele que possui essas seis qualidades.
Contudo, elas enfrentam várias dificuldades de tempos em tempos. Assim como um estudante tem que
encarar diversos testes, essas qualidades também estão sujeitas a provas, que devem ser consideradas
trampolins para aquisições mais elevadas. Essas provas surgem sob a forma de perdas, problemas,
dores, sofrimento e calúnia. É preciso superar esses entraves com coragem e autoconfiança, e
prosseguir.
Os estudantes, em particular, têm que desenvolver a autoconfiança. Sem ela, as seis qualidades não
podem ser atingidas. Na verdade, a autoconfiança deve ser o alento de todas as pessoas. Infelizmente,
os estudantes, hoje em dia, não a possuem, tornando-se vítimas da inquietação, em virtude de seu
envolvimento com os prazeres sensórios.
Os estudantes devem desenvolver a autoconfiança e embarcar na viagem da vida com fé em Deus.
Viswamitra, confiando em sua inteligência, em sua força física e no poder de suas armas, buscou
promover uma guerra com Vasishta, que confiava no poder do Divino. Finalmente, ele compreendeu a
verdade de que seus poderes de nada valiam contra o poder do espiritual e, desistindo de seu reino,
empreendeu uma pesada penitência.
A bravura física não é nenhum poder, absolutamente. É, realmente, um sinal de fraqueza. Todos os
poderes físicos são, na verdade, impotentes. Toda a riqueza terrena é impermanente. O homem, hoje,
persegue esses prazeres fugazes, esquecendo-se de sua divindade inerente.
Cultivem a Autoconfiança
Os estudantes devem cultivar a autoconfiança e manifestar sua divindade em suas palavras, em suas
canções, em seus esportes e em todos os atos. Entretanto, ocasionalmente, a fraqueza que existe
dentro deles pode aflorar. Por exemplo: quando sucumbem aos problemas, quando são dominados pela
mágoa e quando são incapazes de enfrentar perdas, eles revelam sua fraqueza interior.
Os estudantes devem enfrentar essas situações com firmeza. Sejam destemidos. Quando encararem as
dificuldades com coragem, estarão destinados a ter sucesso. Portanto, tenham confiança em si mesmos
e alcancem o sucesso em todas as áreas da vida. Pode ser indagado: qual o benefício que alguém
obtém dessas seis boas qualidades? A resposta é que vocês garantirão tanto os benefícios terrenos
quanto os espirituais.

Como são os alunos que não adquiriram hábitos de leitura?

É mais que sabido que muitos dos alunos que chegam ao 5º ano nunca leram um livro até a fim. Será verdade? E os álbuns que folheava no 1º ano do 1º ciclo? E as bds da Disney? É importante, em primeiro lugar, conhecer efectivamente cada aluno, o que implica ter algumas noções acerca do seu percurso e dos seus gostos.
Os alunos sem hábitos de leitura tendem ao aborrecimento fácil, quase imediato. Uns, porque simplesmente não conseguem perceber o nível discursivo do que estão a tentar ler, outros porque não se conseguem concentrar, outros porque acham profundamente desinteressante o tema ou o estilo do livro.
Assim, será ainda mais difícil recomendar livros para alunos que não tenham hábitos de leitura, porque a sua motivação obedece a vários passos, o primeiro dos quais consiste em ultrapassar a barreira de indiferença e por vezes raiva que muitos sentem em relação ao livro.
Mas não devemos confundir alunos sem hábitos de leitura com alunos com dificuldades de aprendizagem, porque não se estabelece uma relação necessária de causa-efeito entre ambos.
Por isso, a ideia de que livros informativos, banda-desenhada, temas como o futebol ou adivinhas servirão os intentos do professor desesperado, parece-me um pouco simplista.
Por exemplo, um dos livros recomendado para estes alunos (que frequentem o 5º ou 6º ano), pelo PNL, integra uma colecção da Replicação e tem o nome de Puzzles Policiais. Parece-me uma boa ideia. Estes livros são desafios misteriosos, que interagem com o leitor, envolvendo-o e despertando-lhe a curiosidade em desvendar o crime. Não têm uma visão nem simplista nem paternalista do jogo. De tal forma que nos poderão prender a atenção a nós, adultos, tanto quanto podem ser lidos por crianças mais novas, desde que leitoras competentes. É uma boa escolha porque é um livro estimulante, transversal, com um conjunto de crimes a resolver, o que permite uma leitura livre, saltando puzzles, escolhendo pelo título, espreitando o resultado. Este livro pode até ser trabalhado em aula: lê-se um episódio em voz alta. Em grupo, so alunos registam o que consideram ser a resolução do crime. Lêem-se as várias propostas e finalmente desvenda-se o mistério.

Já propor um livro como Mais ou menos meio metro (Ana Saldanha e Gémeo Luís), só porque se trata de um texto em verso que segue a forma da adivinha, parece-me totalmente descabido. Este álbum exige atenção ao detalhe da ilustração, da paginação, e à relação entre o discurso visual e textual. A sua sensibilidade vai na direcção oposta à de uma criança que não gosta de livros, não se concentra, e deseja informação rápida, acessível e seleccionada. Os alunos do 2º ciclo não ganharão muito em acompanhar as fases da gestação ou em estudar esquemas rimáticos através deste álbum.
Nenhum livro deve ser vetado a nenhuma criança, mas há livros que não devem ser destinados, em especial, a um determinado público, se a intenção for estimulá-lo para a leitura. Já se o objectivo for de divulgação, no sentido de despertar os alunos para a diversidade de propostas, isso já é outra história...
A principal batalha com alunos sem hábitos de leitura é derrubar um por um os estereótipos que alimentam contra os livros. Depois, o segundo passo é levá-los a ler um livro até ao fim, o que numa primeira fase pode acontecer através da mediação do professor. O terceiro passo será dar-lhes autonomia de escolha, envolvendo-os numa comunidade onde os seus pares lêem, para que a leitura passe a ser normal.

Booker Prize 2008

Foi anunciada a longlist (lista inicial de nomeados) do Booker Prize 2008. Para quem não sabe, trata-se de um prémio literário anual atribuído ao melhor livro original escrito em língua inglesa, por um cidadão da Commonwealth ou da República da Irlanda.

Aqui fica a lista:

Desta selecção, o único livro presentemente já publicado entre nós é A Criança N.º 44, de Tom Rob Smith. No dia 9 de Setembro, será anunciada a shortlist com os 6 finalistas e o vencedor será conhecido no dia 14 de Outubro.

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Leituras adolescentes

Falar de Alice Vieira soa sempre a chover no molhado, um bocado como se os seus livros já cheirassem a naftalina, quando abertos por adolescentes. É certo que cresci a ler os livros da autora, de tal forma que foi a minha principal referência até as perder a todas quando me fechei algures num armário sem livros durante um bom par de anos...
Certo é que Alice Vieira continua sem fazer cedências a estilos fáceis, narrativas previsíveis e finais felizes e muito fechadinhos. Por isso lembrei-me de recomendar às boas leitoras adolescentes e pré-adolescentes o livro O casamento da minha mãe, que versa o abandono de uma filha pela sua mãe, em prol da sua carreira de modelo. É através das revistas que a adolescente de 16 anos vai acompanhando a vida agitada da mãe, que apenas a visita de fugida, e sempre lhe leva uma boneca, como se os anos não tivessem passado. A narrativa passa-se em dois planos: a festa de casamento da mãe e toda a história da jovem personagem em casa de tios afastados, privada de carinho e atenção, mas com uma imaginação afectiva compensatória. O assunto não é novo na literatura de Alice Vieira, mas o contexto é profundamente actual.
Mais do que um aviso, este livro revolta o leitor contra a inconsequência, a indiferença e o oportunismo de actos que prejudicam inocentes.
Para reflectir nas férias, longe de grupos e 'modas'.

BRINQUEDOS CANTADOS NA FNAC

Queridos amigos... a Fnac Brasília (Parkshopping) convidou o Tino e a Adriana Frony para encerrar as atividades de férias nesta QUINTA, 31 de julho, com uma apresentação de BRINQUEDOS CANTADOS. Levem suas crianças. A aprsentação é GRATUITA. Ah... não esqueçam de levar um livro para doação. O projeto ROEDORES DE LIVROS agradece.

Oficina: BRINQUEDOS CANTADOS.

QUINTA, 31/07 - 16h30 - FNAC BRASÍLIA (PARKSHOPPING) - Entrada Franca.

"Brinquedos Cantados" são historinhas curtas em que as crianças são convidadas a brincar junto com a mediadora cantando e coreografando algumas canções/histórias folclóricas como CLISH!, AUNI, Quando à Brasília Fui, Pipoca, e Andar de Trem. Brincadeiras de roda, interativas, com trava-línguas e trava-corpos feitos para a diversão das crianças, que cantam, dançam e experimentam novas formas de brincar. A apresentação conta com a arte-educadora Adriana Frony e com o músico Tino Freitas.

O Segredo

Um dos maiores sucessos da literatura mundial, agora disponibilizado Gratis aqui no E-Book Gratuito!

"O Segredo" é um livro que traz uma serie de depoimentos de escritores, filosofos e pesquisadores, que defendem a existencia de um segredo milenar, chave do sucesso de uma pessoa!(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)

Se voce gostou de nosso E-Book Gratis, por favor assine nosso RSS Feed e receba nosso material gratuito diariamente!

AddThis Feed Button

Agora, que tal ver nosso Curso de Ingles Gratis ou o Curso de Fotografia Kodak Gratis, quem sabe o Guia do Hacker Brasileiro?

Obrigado pelo Download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

Albano Mendes de Matos | A Casa Grande


1- O que representa, no contexto da sua obra, o livro "A Casa Grande"?
R- Com uma pequeníssima obra publicada, em forma de livro (um caderno de Contos Africanos, um pequeno livro de temática antropológica, dois pequenos livros de poesia, uma Monografia de uma aldeia (dissertação de Mestrado), em separata de revista, colaboração em diversos obras colectivas e trabalhos dispersos por jornais e revistas, o livro "A Casa Grande" representa, para mim, um grande estímulo para a continuação de uma actividade que sempre esteve nas minhas preocupações culturais, com predominância para documentos antropológicos. Foi muito gratificante ver esta obra nos escaparates das livrarias.

2- Qual a ideia que esteve na origem do livro?
R-O escritor é um criador. Tudo o que escreve deve estar dentro dele. Tudo emerge do que tem armazenado ou que inventa e o valor da obra que cria ou produz depende da sua cultura e das suas experiências de vida.Na minha infância, ouvi o meu avô materno e o meu pai contarem histórias dos tempos idos, que já tinham escutado aos seus antepassados, aos serões, em volta da lareira, nas longas noites de Inverno. Com lápis de tinta violeta, fixei algumas dessas histórias em papel pardo em que os merceeiros embrulhavam os produtos. Papéis que, nas rodas do tempo, desapareceram. Mas, na memória, permaneceram algumas histórias. Na década de oitenta do século passado, em pesquisa no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, encontrei originais que confirmavam algumas das histórias que ouvira. Este facto despertou-me para a escrita, embora isso sempre tivesse na mente. Assim, em poucos dias, dedilhei, no teclado do computador, o original de "A Casa Grande", imbricando episódios memorizados desde a infância com episódios ficcionados, de modo a dar forma e sentido a uma obra que reflectisse algumas realidades da ruralidade de um lugar da serra da Gardunha, no século XIX, como "testemunho de uma época", no dizer de José Cardoso Pires.

3- Pensando no futuro: o que está a escrever neste momento?
R- Não tenho muito tempo para pensar no futuro. O futuro pode ser já amanhã. Só escrevo ficção quando sinto essa necessidade, que pode andar arredia por longos tempos. Uma preocupação quase diária, são escritos e reescritos sobre temas da Cultura Tradicional Popular, como Literatura, Tecnologias, Etnografia e Religiosidade, especialmente na região da serra da Gardunha.Depois de terminar o livro "A Casa Grande", comecei a escrever, com algumas pausas, uma obra de ficção, ainda sem título, cuja acção se desenvolve numa aldeia da Beira Baixa, na primeira metade do século passado.Tenho prontos para publicação dois livros de contos (um de temática angolana), um livro sobre a Guerra Colonial, um livro de poesia, meia dúzia de pequenos livros de temas antropológicos e etnográficos e a referida Monografia, revista e aumentada.
__________
Albano Mendes de Matos
A Casa Grande
Sopa de Letras, 10€
(Prémio Aquilino Ribeiro/2008)

Evangelho Gnóstico De João

Atos de João
Complemento de Mateus 26, versículos 29A até 30
Antes que fosse preso pelo julgamento dos judeus, o Mestre nos reuniu a todos e disse:
"Antes que eu seja entregues a eles, cantaremos um hino ao Pai e, em seguida, iremos ao encontro daquilo que nos espera
Ele pediu que nos déssemos as mãos em roda e colocando-se no meio, disse:"Respondei-me Amém."


O que fizeram as crianças do Barreiro a partir das histórias tradicionais

A partir de contos tradicionais em que o Lobo estivesse presente, alunos do pré-escolar ao 4º ano do 1º ciclo realizaram trabalhos diversos, que acompanharam a exposição das ilustrações de João Fazenda, na Ilustrarte, no Barreiro.
Só desenhos, são 153, expostos ao longo de uma imensa parede. Há também as casas...
Aqui fica uma visitinha...

Ciclo da Porta da Morte 1 - Asa de Dragão 1 e 2

ebookTítulo: Ciclo da Porta da Morte 1 - Asa de Dragão 1 e 2
Autor: Margareth Weis e Tracy Hickman
Gênero: Fantasia




Arianus, o Mundo do Ar, é composto inteiramente por ilhas flutuantes, alinhadas em três níveis básicos. No Reino Inferior, os anões (chamados de "gegs", palavra élfica para "insetos") vivem no continente de Drevlin e servem alegremente à gigantesca Máquina Viva, uma cidade do tamanho da máquina que é a fonte de água de todos os Reinnos de Arianus. No Reino Médio, elfos e os seres humanos têm guerreado há séculos entre si por água, pelo comércio, e pela fortuna. Acima deles todos, no Reino Superior vivem os Misteriarcas, magos humanos da Sétima Casa. Eles foram alguns dos mais poderosos magos, deixando para trás os seres humanos por repudiarem as guerras constantes, mas eles jamais igualaram seus poderes aos dos desaparecidos Sartan e Patryn.

A estória começa quando o Senhor do Elo encarrega um de seus seguidores de uma missão em Arianus. O seguidor espionará discretamente os Sartan. Lá, o seguidor irá espalhar o caos como preparação para a chegada do Senhor do Elo, nunca revelando que ele é realmente um dos poderosos Patryn. Quando chegar o momento, o Senhor do Elo terá de conquistar todos os mundos e reunificá-los sob a sua liderança. O Patryns terão sua vingança sobre seus inimigos, os Sartan.

Proeminente escritores Margaret Weis e Tracy Hickman redefiniram os épicos de fantasia. Desde a publicação da sua série DragonLance, milhões de leitores têm desfrutado de sua imaginação ao construirem um mundo rico em caracterização e intrincada linha de tempos. Agora estes grandes escritores põe a prova seus talentos ao trazer uma das mais inovadoras criações da fantasia que se inicia em Asa de Dragão, o primeiro volume do Ciclo da Porta da Morte.
Livro traduzido
Digital Source
Distribuindo conhecimento e cultura


Volume 1 - Versão doc
Volume 1 - Versão pdf
Volume 1 - Versão txt

Volume 2 - Versão doc
Volume 2 - Versão pdf
Volume 2 - Versão txt


Outras obras do autor

Carlos Queiroz Telles - MANUAL DO CARA-DE-PAU ou É Fácil Falar Difícil


Título: MANUAL DO CARA-DE-PAU ou É Fácil Falar Difícil
Autor: Carlos Queiroz Telles
Gênero: Literatura Brasileira - Humor
Editora: Ed. Best Seller
O IMPORTANTE NÃO É SABER, É SABER FALAR! Quem não enrola acaba sendo enrolado! Assuma a ignorância institucionalizada e tire proveito dela. Os outros também não sabem nada! Dedicado a políticos, executivos, doutores, bacharéis, críticos, economistas e outros, que ganharam fama de erudição e sabedoria, este livro único e original desmonta a falsa cultura com autêntico humor. Uma obra divertida, útil e sobretudo democrática, graças a qual você poderá se equiparar a este bando de sumidades!

terça-feira, 29 de julho de 2008

Essenciais para Avanço Adicional, de Li Hongzhi

www.falungongbrasil.net:
Conhecido como "Essenciais", são uma coleção de textos escritos pelo Sr. Li Hongzhi. Esses textos são vistos como uma exposição complentar do livro Zhuan Falun, na forma de artigos, cartas e poemas. São textos curtos e cheios de sabedoria que expressam as observações do Sr. Li Hongzhi sobre o processo de desenvolvimento dos praticantes e que oferecem ensinamentos sobre como corrigir condutas. Antes da leitura deste livro, é preciso que você esteja bastante familiarizado com o livro Zhuan Falun.

DOWNLOAD PDF / BAIXAR PDF / DESCARREGAR PDF

Resident Evil 3: Cidade dos Mortos

Esse livro é o mais Fiel à historia de Resident Evil.
Em "Resident Evil 3: Cidade dos Mortos", é contada a historia do game Resident Evil 2, ou seja, a luta de Claire Redfield e Leon Kennedy para sairem de Raccoon.

Não perca tempo, e baixe Gratuitamente mais um livro da série Resident Evil!!(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)
Se voce gostou de nosso E-Book Gratis, por favor assine nosso RSS Feed e receba nosso material gratuito diariamente!
E-Book Gratuito RSS Feed!
Agora, que tal ler os outros livros da série Resident Evil?? Baixe aqui Resident Evil 1: A Conspiração Umbrella e Resident Evil 2: Caliban Cove!

Obrigado pelo Download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

Livros de bolso da Bertrand

A Bertrand Editora vai lançar na próxima semana a colecção de livros de bolso 11/17 com o lema «Livros pequenos, grandes histórias», disponibilizando obras a um preço menor e com mais facilidade de manuseamento.

A nova colecção aposta em conteúdos abrangentes e traduções cuidadas, caracterizando-se pela sua natureza generalista e pela diversidade de autores publicados, segundo a editora.

São sete obras que serão comercializadas a cerca de 50% do preço das originais, com pequenas dimensões (11x17): «O confessor» (9€), de Daniel Silva; «E depois…» (8€), de Guillaume Musso; «E se fosse verdade» (7€), de Marc Levy; «A segunda vez», (7€), de Mary Higgins Clark; «Uma Paixão» (8€), de Danielle Steel; «A saga de um pensador» (9€), de Augusto Cury; e «Contos» (7€), de Eça de Queiroz.

Fonte: Diário Digital


Parece-me uma excelente ideia! Pena não haver mais iniciativas do género.

Nããããããã, ou a vã glória policial


Os jornais já venderam com a história de Madeleine McCann, a desafortunada menina inglesa desaparecida há mais de um ano na Praia da Luz. E, se for caso disso, aí estarão, de novo, para a feira mediática. Mas o sentido de oportunidade quanto a lucros não se esgota a esse nível. À beira do arquivamento, o processo voltou a merecer a atenção, agora redobrada, com o aparecimento de livros sobre o tema.
Livros – a oportunidade da reflexão, da análise demorada, de jogar os factos, cogitar em quês e porquês, de deixar que o tempo complete o trabalho de clarificação. Livros escritos por quem esteve envolvido nas investigações – mais ainda se esperaria o arsenal de elementos que permitissem retomar a frio o novelo dos dias de manchetes inqualificáveis.
E os livros vão surgindo – na verdade, a tentação já tinha frutificado antes, pela mão de autores diversos. São apresentados em luzidas conferências de imprensa que potenciam o apetite de quantos almejam ser os destinatários únicos, ou pelo menos solitários, de uma verdade que lhes será ministrada por quem teve a proximidade do cheiro a cadáver. Quem melhor do que um polícia?
Deu em moda. O autor deste livro já foi inspector da Polícia Judiciária, andou em processos que lhe conferiram uma aura de saber, fora do senso comum, que nos abra os olhos. Por exemplo, ao que se diz na contra-capa, o caso Joana, ele igualmente lúgubre, deslindado em tribunal com sentença e tudo. Mas que sobra por aí, agora, com dúvidas quanto aos métodos de investigação – excessivamente violentos?
O autor saiu da corporação, tudo indica que para continuar no ramo civil da consultoria e investigação. E é nessa condição que ele pretende conferir à investigação conduzida pelos seus pares uma convicção que, cá para fora – mesmo aos seguidores menos atentos do folhetim – nunca teve. Ou seja, que desde o início a tese de rapto denunciada e alimentada sofregamente pelo casal McCain, não convenceu os polícias.
O autor reconhece, no entanto, que a perseverança nessa dúvida, ao mesmo tempo que a polícia secava todas as pistas e especulações, não levou muito longe. “Ainda não se sabe o que terá acontecido a Madeleine”, reconhece em nota prévia. Em todo o caso, “devido a questões legais”, não será ele a dizer quem foi que fez o quê.
Daí que ele tenha remetido para a tradicional sabedoria popular o desemaranhar da teia. Ou seja, deixa-o nas mãos deste “povo português” na Europa, “integrado, mas autodeterminado, ordeiro mas não cordeiro”. O mesmo povo, certamente, que chorou com os McCain e depois os apupou, como ele bem recorda.
Bom, e o que se sabe, depois de tudo? Na página 27, já Francisco, o abnegado e sacrificado protagonista, analisa para consigo mesmo a tese de rapto e conclui: “nããããããã”. E o caminho faz-se por aí. Terá razão? Quem sabe, o povo não se pronunciou e os tribunais também esperam pelos indícios, raciocínios, dúvidas acumulados pela investigação. Sobram os livros – para duvidar deles próprios e da Justiça?
__________
Paulo Pereira Cristóvão
A Estrela de Madeleine – Onde, Quando, Como, Quem, o Quê, Porquê
Editorial Presença, 12€

Misteriosa herança


Mais ou menos assustadores, todos temos os nossos fantasmas, pedaços de vida que assombram o presente e se projectam no futuro.
É com eles, os fantasmas pessoais, que as quatro personagens principais de “Uma Villa em Itália”, de Elizabeth Edmondson, são obrigados a confrontarem-se quando se sabem candidatos à herança de Beatrice Malaspina... de quem nunca ouviram falar.
Que têm em comum a cantora de ópera Delia, o cientista nuclear George, a escritora de policiais Marjorie e o banqueiro Lucius? Nada... para além de serem os herdeiros da misteriosa senhora, cujo enigmático testamento os obriga a dirigirem-se a uma villa numa aldeia italiana e a partilharem os seus mais bem guardados segredos.
E como é possível que uma pessoa de quem nunca ouviram falar os conheça tão bem, esteja a par dos seus fantasmas e dos seus mais inconfessáveis receios? E que possua fotografias que documentam toda(s) a(s) sua(s) vida(s)?
O período de retiro na villa a que são obrigados proporciona-lhes simultaneamente uma viagem interior e uma catarse colectiva, enquanto tentam decifrar os múltiplos enigmas que Beatrice “semeou” para lhes dar acesso à herança.
“Uma Villa em Itália” é, como o classificou The Oxford Times, “o livro perfeito para umas férias de Verão”. Sem dúvida, uma leitura compulsiva que o tempo de ócio permite.
__________
Elizabeth Edmondson
Uma Villa em Itália
Edições Asa, 17€

segunda-feira, 28 de julho de 2008

Os IBO

.
Os IBO tornaram-se famosos devido à sangrenta guerra do Biafra (1967-1970), quando, com este nome, pretenderam formar uma república independente, desmembrando-se do território nigeriano. As imagens daquele confronto distorceram a realidade IBO, dando a imagem de um povo faminto e sem recursos.
Nada mais falso. Os IBO são empreendedores e dinâmicos, cheios de iniciativa e capacidade gestora, que os levou a praticar um imaginativo e amplo comércio e a desempenhar funções administrativas de alta responsabilidade. Isso suscitou a inveja de outros grupos étnicos, fazendo graves acusações verbais e praticando violências físicas contra eles.
Os mais de dez milhões de indivíduos que compõem esta etnia, com trinta ramos diferentes, concentram-se, na maioria, no Sudoeste da Nigéria, embora haja importantes comunidades noutros locais, dedicando-se, prevalentemente, a actividades comerciais.
.
A unidade política e social dos IBO, era a aldeia. A casa é sempre rectangular, rodeada por um muro de barro e possui uma entrada principal, com uma grande porta decorada com motivos geométricos, que formam triângulos, losangos, linhas rectas e onduladas.
.
A luta pela sobrevivência exigia uma rigorosa divisão do trabalho. Os homens caçavam, pescavam e desbravavam a terra para cultivo. As mulheres assumiam a responsabilidade das culturas, das colheitas e da venda e dos excedentes no mercado.
(Texto de José Luis Cotés - Leo Salvador)

Mini-visita virtual a Uma Biblioteca Imaginária

Como tínhamos previsto, conseguimos visitar a exposição Uma Biblioteca Imaginária na tarde de domingo. Com o catálogo, pudemos complementar as sugestões das ilustrações, com os pequenos textos dos ilustradores, sobre a temática dos seus livros ainda inexistentes.
Há ideias para todos os gostos, desde a exploração dos sonhos, de conceitos como o tempo, o vazio, o silêncio, até aos ambientes das letras e dos livros, passando por enciclopédias, narrativas oníricas e lúdicas.
Há ilustrações que cumprem a composição da capa, com capa, contracapa e lombada, há ilustrações com títulos, autores e editoras, há ilustrações sem qualquer palavra.
É inevitável imaginar, dialogar, sorrir...

O Livro Negro do Cristianismo

O livro "O Livro Negro Do Cristianismo" narra um vasto curriculo de atrocidades praticadas pela Igreja Catolica ao longo de seus 2 mil anos.
O Catoliscismo é analisado sem barreiras, desde da epoca do Imperador Constantino ate a postura da Igreja no Nazifascismo da II Guerra Mundial.


Um E-Book imperdível para quem deseja conhecer os porões obscuros da instituição mais poderosa de nossa era.
(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)

Aproveite também e se cadastre em nosso RSS Feed, e seja o primeiro a ter diariamente nossos Livros Gratis!

E-Book Gratuito RSS Feed

Se voce estiver com tempo sobrando, baixe gratuitamente o livro As Cronicas de Narnia: O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupas, ou nosso Curso de Ingles Gratis ou Curso de Chaveiro!!

Obrigado pelo Download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

(OBS: Estou aqui para celebrar que o Blog E-Book-Gratuito.Blogspot.Com foi indicado pelo blog ProLegais para o "Prêmio MasterBlog", premio dado por outros blogs para quem eles acham relevantes! Veja a Materia Aqui!)

ABC3D



Prefácio à Carta de São Paulo aos Romanos, de Martinho Lutero

Esta carta é verdadeiramente a mais importante peça do Novo
Testamento. É o evangelho mais puro. É de grande valor para um Cristão não
somente para memorizar palavra por palavra, mas também para o ocupar com
isso diariamente, como se fosse o pão diário da alma. É impossível ler ou
meditar nesta carta {tão pouco}. Quanto mais alguém lida com ela, mais
preciosa ela se torna e melhor ela saboreia. Por esta razão, eu quero
completar meu serviço e, com este prefácio, prover uma introdução para a
carta, a medida que Deus me dá abilidade, de maneira que qualquer um possa
obter o mais profundo entendimento dela. Até agora ela tem sido
escurecida{colocada em trevas} pelas interpretações [notas de explicação e
comentários que acompanham o texto] e por muitos um comentário sem uso, mas
está dentro dela própria uma luz resplandecente, quase resplandecente o
suficiente para iluminar toda a Escritura.

Livros com o DN

Desde 26 de Julho e até 5 de Setembro o Diário de Notícias vai oferecer clássicos da literatura. Aqui vai a lista dos livros e os dias em que eles estão nas bancas:

Fiódor Dostoiévski
Coração Débil
26 - Jul
Franz Kafka
A Metamorfose
27 - Jul
Giovanni Boccaccio
Histórias Eróticas
28 - Jul
Anton Tchekov
A Minha Mulher
30 -Jul
Voltaire
O Ingénuo
01 -Ago
Lev Tolstoi
A Morte de Ivan Ilitch
02 Ago
Jack Londo
A Peste Escarlate
03 Ago
Maximo Gorki
Três Contos
04 Ago
Thomas Hardy
O Pregador Atormentado
06 Ago
Franz Kafka
Carta ao Pai
08 Ago
Fiódor Dostoiévski
A Voz Subterrânea
09 Ago
Joseph Conrad
Juventude
10 Ago
H.P. Lovecraft
Herbert West: Reanimador
11 Ago
Robert L. Stevenson
O Estranho Caso do Dr. Jekyll e do Sr. Hyde
13 Ago
Charles Dickens
Um Cântico de Natal
15 Ago
Henry David Thoreau
Onde Vivi e para Que Vivi
16 Ago
Henry James
A Fera na Selva
17 Ago
Miguel de Cervantes
A Ciganita
18 Ago
Rainer Maria Rilke
Histórias do Bom Deus
20 Ago
Nikolai Gógol
O Retrato
22 Ago
Sun Tzu
A Arte da Guerra
23 Ago
Stephen Crane
O Barco Aberto
24 Ago
Oscar Wilde
O Crime de Lorde Artur Savile
25 Ago
Thomas Wolfe
O Rapaz Perdido
27 Ago
Gustave Flaubert
Um Coração Simples
29 Ago
Edgar Allan Poe
A Queda da Casa de Usher
30 Ago
Fiódor Dostoiévski
Contos
31 Ago
Italo Svevo
Um Embuste Perfeito
01 Set
Oscar Wilde
O Retrato do Sr. W.H.
03 Set
Rainer Maria Rilke
Cartas a Um Jovem Poeta
05 Set

domingo, 27 de julho de 2008

Nome de Código: Leoparda



Sinopse:

Cinquenta mulheres foram enviadas para França como agentes secretas pelo Executivo de Operações Especiais durante a 2ªGuerra Mundial.
Trinta e seis sobreviveram à guerra.
As outras catorze deram as suas vidas.
Este livro é dedicado a todas



O Dia D aproxima-se. Os serviços britânicos têm de destruir o sistema de comunicações em St. Cecile para os nazis não terem tempo de reagir. Felicity dispõe apenas de algumas horas para recrutar uma equipa de mulheres dispostas a destruir o ninho dos nazis em solo francês. A operação é arriscada, o sucesso imperativo. Uma cigana, duas lésbicas, um travesti, uma aristocrata. O perfil das escolhidas pode parecer insólito mas cada uma delas terá um papel fulcral na operação.

Baseado em factos reais, «Nome de código: Leoparda» regressa às secretas operações de espionagem durante a Segunda Guerra Mundial. Retirando do anonimato a meia centena de mulheres que o serviço do Executivo de Operações Especiais enviou para a França ocupada, o autor inglês constrói um fabuloso thriller de suspense e acção em torno de uma equipa de mulheres espias.




A minha opinião:

Adorei! O primeiro livro do Ken Follett que li.

Comprei este livro, através do Círculo de Leitores, há uns anos quando o Ken Follett ainda não era conhecido entre os povos portugueses, ou seja, ainda “Os pilares da Terra” não eram editados nas livrarias portuguesas....
Não foi o título que me cativou nem tão pouco o tema sobre a Segunda Guerra Mundial, mas sim foi a sinopse do livro, a história em si. Já tinha visto séries e filmes sobre este tema; já conhecia a história da guerra, a espionagem, os agentes secretos, os campos de concentração, mas nada sobre este tipo de história: uma equipa secreta de mulheres sendo lideradas por uma outra mulher!

O título original do livro “Jackdaws” significa “Gralhas”. Mas a tradução portuguesa deu-lhe outro título: “Nome de código: Leoparda”. Claro que este título, logo à partida, parece não ter nenhum significado, ou seja, não faz chamar muita atenção por parte dos leitores pois, é um pouco ou nada apelativo, para além de ser totalmente desconhecido e até ser um pouco “pesado”. Só lendo é que se sabe e só depois é que se tem uma grande consideração e admiração pelo título!

“Leoparda” é um nome de código de uma mulher, isto não é segredo, sabe-se logo desde as primeiras páginas. Todos os agentes secretos tinham nomes de código, não se podiam dizer os seus nomes verdadeiros, para o caso de serem capturados e interrogados pela Gestapo…

A heroína do livro é a “Leoparda”. Uma major britânica de uma organização secreta, “Executivo de Operações Especiais”: «Magra e pequena, com cabelo louro encaracolado cortado curto e uns encantadores olhos verdes, (…), havendo nela algo de sensual…»
É ela que vai liderar a equipa “Gralhas”: Diana, Greta, Ruby, Jelly e Maude. Têm uma missão muito perigosa e, ainda por cima, as cinco mulheres não vão definitivamente preparadas…

O livro não fala só de espionagem, mas também dos sentimentos de várias personagens, tanto os aliados como os alemães.


Outras curiosidades:

Através de pesquisas, soube que foram escritos vários livros sobre as verdadeiras heroínas da SOE (The Special Operation Executive):



Infelizmente, estes livros não se encontram traduzidos em Portugal.


E, ainda mais, foi feito há pouco tempo um filme intitulado de "Female Agents", não é adaptado deste livro mas é sobre esta temática, sobre as mulheres de SOE:

O site do filme: aqui

Que este filme chegue depressa a Portugal!!!

Harry Potter e a Pedra Filosofal

O Primeiro Livro da Saga "Harry Potter", disponibilizado gratis aqui no E-Book Gratuito: Harry Potter e a Pedra Filosofal.
Ao ler "A Pedra Filosofal", prepare-se para entrar no mundo da magia, sonhar com os feitiços que apenas se aprendem em Hogwarts e detestar uma familia adotiva!!

Nao perca tempo, e baixe mais um livro da serie Harry Potter!!!
(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)

Se voce gostou de nosso E-Book Gratis, por favor assine nosso RSS Feed e receba nosso material gratuito diariamente!

AddThis Feed Button

Se voce gosta de Harry Potter, nao deixe de baixar gratuitamente os E-Books Harry Potter e a Pedra Filosofal, Harry Potter e a Camara Secreta, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, Harry Potter e o Calice de Fogo, Harry Potter e a Ordem da Fenix, Harry Potter e o Enigma do Principe e Harry Potter e as Reliquias da Morte!!

Obrigado pelo Download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

Português Suave - Margarida Rebelo Pinto

Título: Português Suave
Autor: Margarida Rebelo Pinto
Edição/reimpressão: 2008
Páginas: 264
Editor: Oficina do Livro
P.V.P.: 17€


Sinopse:
Um Retrato de Portugal a Preto e Branco e a Cores. Na década de 40, Mercês Perestrello é dada como louca e afastada dos seus filhos, Joana e Nuno. Nos anos 60, as gémeas Maria Teresa e Maria Luisa Belchior seguem caminhos opostos em busca de felicidade. Quarenta anos mais tarde, as primas Leonor e Naná desvendam segredos familiares nunca imaginados. A narrativa é contada alternadamente pelos vários personagens na primeira pessoa, reflectindo uma visão particular da realidade, revelando histórias dentro de histórias, como quem faz vários "puzzles" ao mesmo tempo. O resultado é um livro envolvente e apaixonante que denuncia o modo de ser tão português, um espelho fiel da burguesia tradicional que persiste ainda no século XXI, constituindo um retrato de um certo Portugal que ainda se mantém nos nossos dias. Este é o sétimo romance de Margarida Rebelo Pinto e o seu décimo quarto livro, somando o total de 1 milhão de exemplares vendidos.


A minha opinião:
Confesso que estava um bocadinho farta de ler as 'histórias' da Margarida Rebelo Pinto, até porque lendo um livro, os outros parecem que são todos iguais. Mas, ao ler a sinopse do mais recente Português Suave, até que me agradou a trama entre três gerações e as suas vivências em tempos completamente diferentes, em Portugal. Porém, pensei que iria ser bem mais explorado esse mesmo enredo, o que não veio a acontecer. A autora centrou-se, mais uma vez, nas historietas de duas melhores trintonas, que andam com catraios, e que gostam da vida que levam, snobs quanto baste.

Casa Assombrada na Moóca, de J.R.R. Abrahão / José Roberto Romeiro Abrahão

O que vou relatar, realmente aconteceu.
Apenas os nomes das pessoas foram alterados,
a fim de se manter a privacidade de seus
descendentes.
O ano, 1925
Francisco e Joana acabavam de voltar de sua
lua-de-m el.
Alugaram uma pequena casa no tradicional
bairro paulistano da Moóca.
Uma casa muito velha, diga-se de passagem ,
em bor a bem conservada.
Era um imóvel modesto, pequeno até, mas
estava na medida certa do bolso do jovem casal.
Uma nova vida esperava o casal - muito amor,
trabalho e companheirismo.


A Historia Secreta da Rede Globo

Um E-Book muito polemico na internet, que denuncia tudo o que a maior rede de televisão brasileira tenta esconder, e esconde, de toda a população...
"Sim, Eu Sou O Poder" (Frase de Roberto Marinho, fundador da Rede Globo)

(Problemas com o Download? Clique Aqui para ler nosso manual de download)

AddThis Feed Button

Baixe tambem nosso Curso de Italiano Gratis ou nosso Curso de Magicas Gratis! Se quiser, baixe tambem nossas 10000 Receitas Culinarias Gratis!

Obrigado pelo download!
Luizeba, Editor do E-Book Gratuito!

Crónica de uma morte anunciada - Gabriel Garcia Marquez

Ângela Vicário, poucas horas depois do seu casamento, é devolvida à família pelo seu recente esposo, supostamente por não ser virgem na noite de núpcias.

Assolada pela vergonha, a família de Ângela pressiona-a no sentido dela dizer quem foi o causador de tal descaramento , acabando por nomear Santiago Nasar como o causador dessa desfloração.

Completamente cegos por vingança, os irmãos de Ângela, pegam em facas de matar porcos e, informando que com eles se cruza no caminho, vão em busca de Santiago para o matarem, o que conseguem de um modo verdadeiramente atroz.

Muitíssimo bem escrito, o que é normal em Garxia Marquez, um dos factos que tornam o livro curioso e sui-generis, é o facto que desde a primeira página, sabermos que Santiago já morreu assassinado pelos irmão Vicário.

A questão aqui centra-se não no porquê desse assassinato, pois e de acordo com a sui-generis e fantástica sociedade rural colombiana parece ser normal tal acontecer, mas a questão central reside precisamente na própria crónica dessa morte que narra as últimas horas da vida de Santiago, principalmente a sua última hora.

Um excelente livro, baseado num acontecimento verídico, que considero ser até o livro ideal para entrar no mundo fantástico de Garcia Marquez. Uma história que narra um acontecimento aparentemente banal, mas é essa aparente banalidade que é fascinante. No entanto parece-me que Garcia Marquez tem o condão de tornar especial tudo o que escreve.

sábado, 26 de julho de 2008

Livros imaginários na Ilustrarte

Está mesmo a terminar a exposição Uma Biblioteca Imaginária, livros infantis que (ainda) não existem que a Ilustrarte acolhe, como sempre, no Auditório Augusto Cabrita, no Barreiro.
A ideia foi da ex-directora da Biblioteca Infantil Internacional de Munique, que desafiou 72 ilustradores a criarem uma capa a partir da ideia de um livro que gostassem de ilustrar. No fundo, cada um teve o poder de imaginar e objectivar um livro único, que se revela através da ilustração da capa.
Como a exposição só está patente ao público até dia 31 deste mês, contamos vê-la amanhã, logo pelas 14h, à hora da abertura. Se não for possível, ainda poderemos fazê-lo durante a semana, inclusivamente entre as 20h e as 22h, o que me parece bastante simpático.
A ideia, de tão simples, parece-me muito rica e estimulante, não só do ponto de vista criativo, como do ponto de vista da promoção da leitura. Levar o público a dialogar com a ilustração como estímulo paratextual, narrativo e simbólico aproxima-o afectivamente do pictórico, o que é essencial para que a palavra deixe de assumir um lugar de primazia em relação à imagem.
Na página da Ilustrarte pode ler-se sucintamente um projecto levado a cabo por escolas do pré-escolar e 1º ciclo em torno de contos com lobos, e da sua relação com a imagem e a exposição Andam lobos à solta no Barreiro! que integra as imagens criadas por João Fazenda para o texto de João Paulo Cotrim, a partir de O Pedro e o Lobo, de Prokofiev. Esta exposição também pode ser visitada até 31 de Julho, nos mesmos horários.

95 Teses de Lutero

Debate para o Esclarecimento do Valor das Indulgências pelo Doutor
Martinho Lutero
31 de outubro de 1517
Por amor à verdade e no empenho de elucidá-la, discutir-se-á o seguinte em
Wittenberg, sob a presidência do Reverendo Padre Martinho Lutero, mestre de
Artes e de Santa Teologia e professor catedrático desta última, naquela
localidade. Por esta razão, ele solicita que os que não puderem estar presentes e
debater conosco oralmente o façam por escrito.
Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo. Amém.
1. Ao dizer: "Fazei penitência", etc. [Mt 4.17], o nosso Senhor e Mestre Jesus
Cristo quis que toda a vida dos fiéis fôsse penitência.
2. Esta penitência não pode ser entendida como penitência sacramental, isto é,
da confissão e satisfação celebrada pelo ministério dos sacerdotes.
3. No entanto, ela não se refere apenas a uma penitência interior; sim, a
penitência interior seria nula, se, externamente, não produzisse toda sorte de
mortificação da carne.
4. Por conseqüência, a pena perdura enquanto persiste o ódio de si mesmo (isto
é a verdadeira penitência interior), ou seja, até a entrada do reino dos céus.
5. O papa não quer nem pode dispensar de quaisquer penas senão daquelas que
impôs por decisão própria ou dos cânones.
6. O papa não pode remitir culpa alguma senão declarando e confirmando que ela
foi perdoada por Deus, ou, sem dúvida, remitindo-a nos casos reservados para si;
se estes forem desprezados, a culpa permanecerá por inteiro.
7. Deus não perdoa a culpa de qualquer pessoa sem, ao mesmo tempo, sujeitála,
em tudo humilhada, ao sacerdote, seu vigário.
8. Os cânones penitenciais são impostos apenas aos vivos; segundo os mesmos
cânones, nada deve ser imposto aos moribundos.
9. Por isso, o Espírito Santo nos beneficia através do papa quando este, em seus
decretos, sempre exclui a circunstância da morte e da necessidade.
10. Agem mal e sem conhecimento de causa aqueles sacerdotes que reservam
aos moribundos penitências canônicas para o purgatório.
11. Essa erva daninha de transformar a pena canônica em pena do purgatório
parece ter sido semeada enquanto os bispos certamente dormiam.

Capoeira para crianças ou o Livro com um som de berimbau dentro.

A capoeira invadiu o gramado dos Roedores de Livros na manhã de sábado, 05 de julho, para que pudéssemos apresentar, na prática, para as crianças, o conteúdo do belíssimo livro Berimbau Mandou te Chamar (organização de Bia Hetzel e ilustrações de Mariana Massarani, Manati). O livro é uma coletânea de letras das canções que embalam a capoeira por todo o nosso país.
Além da pesquisa que resultou na seleção das canções, ao final do livro, Bia Hetzel apresenta um histórico da luta, contando sobre sua origem e tradição. O trabalho de Mariana Massarani oferece aos leitores mirins uma liga que estreita a criança com este universo que pode – para muitos – não parecer tão infantil. O livro é informativo, mas as letras plenas de poesia e ritmo oferecem uma leitura agradável. Faltou o som para completar a festa. Para amenizar essa “falta”, convidamos os capoeiristas SORRISO, TERRA e TODA VIDA - por intermédio da nossa querida Aldanei - para uma demonstração ao vivo das canções do livro e para falar sobre a capoeira. A Cantiga do Marinheiro, a turma já conhecia e acompanhou em côro. Outras, como a da Cutia de a do Tico-Tico, elas conheceram naquela manhã.
Algumas crianças (como o Jardson, na foto) foram convidadas a cantar algumas canções do livro. Outras, como Deysiane e Bruno, já tiveram aulas de capoeira e ensaiaram alguns passos tímidos para uma platéia atenta. Por falar em platéia, naquela manhã o projeto recebeu seu maior público em 2008: foram mais de 30 crianças. Nossos convidados cantaram, tocaram seus instrumentos (berimbaus, caxixis, pandeiro e agogô). Falaram da importância da capoeira, suas origens e ideais. Depois, as crianças foram apresentadas aos “passos” dos animais que inspiraram a luta: sapo, onça, jacaré, macaco e outros tantos. Por fim, uma roda de capoeira improvisada que terminou num imenso “abraço de urso” das crianças nos capoeiristas.
Foi uma manhã diferente. A literatura estava lá, derramando-se do livro, abraçada com a capoeira ali, ao vivo. Teoria e prática juntas fizeram com que o livro fosse disputadíssimo entre as crianças. Taí o nosso papel: despertar o gosto pela leitura. Com o trio de capoeiristas naquela manhã de sábado, o livro de Bia Hetzel ficou ainda mais gostoso e inesquecível para as crianças. Desde já, agradecemos aos atletas pela cortesia e convidamos você, leitor, a conhecer um pouquinho só do que foi aquela manhã, clicando no vídeo abaixo. That’s all, folks!!!



P.S. Para ver algumas páginas do livro, clique no BLOG DA EDITORA MANATI.