sábado, 26 de abril de 2008

Mestre Hemingway


O romance foi escrito há quase 70 anos pela mão de Ernest Hemingway. Por Quem os Sinos Dobram – tradução do título original For Whom the Bell Tolls - é um clássico que se imortalizou no tempo, e que acabou também por chegar à sétima arte. É um testemunho assaz dos meandros da Guerra Civil Espanhola, conflito testemunhado pelo próprio escritor enquanto repórter de guerra. Este que foi considerado o mais célebre romance sobre a Espanha em luta e um dos mais belos romances de guerra do século XX retrata a história de Robert Jordan, um guerrilheiro americano – especialista em explosivos - que combate nas montanhas espanholas. Diz a crítica literária que Jordan acaba por personalizar as vontades e anseios do próprio Hemingway. O protagonista foi apenas um dos cerca de 40 mil soldados pertencentes às Brigadas Internacionais, apoiantes dos republicanos. Mas foi em redor dele que tudo aconteceu. O livro é de uma penetrante leitura e acaba por mergulhar o leitor nos múltiplos e pujantes diálogos onde se cruzam as vitórias e as derrotas, o amor e o ódio, a coragem e a lealdade. A obra deste brilhante Prémio Nobel da Literatura acaba por ser uma crítica explícita à violência mórbida da guerra e, ao mesmo tempo, ao fascismo de Francisco Franco, apoiante de Hitler, Mussolini e Salazar.
__________
Ernest Hemingway
Por quem os sinos dobram
Livros do Brasil

Um comentário: